contato@redima.com.br
(41) 3342-3232

Limpeza em Correias Industriais: como proceder

Postado por: Redima
Categoria: Dicas
limpeza-em-correais-redima

Como realizar limpeza em correias industriais

Você sabia que 4 em cada 10 acidentes relacionados à correias transportadoras estão relacionados à falta de limpeza? Isso representa cerca de 39% (trinta e nove por cento). 

Além da falta de limpeza, a pouca ou nenhuma remoção de material fugitivo lançado ao longo das transportadoras também influencia nesse percentual. 

Uma correia adequadamente limpa e corretamente mantida possibilita que sua disponibilidade operacional seja de 90%. Manter esse padrão é o principal objetivo de qualquer operação. Além disso, é também o benefício principal da limpeza em correias.  

Dessa forma, percebemos que a limpeza em correias industriais (ou correias transportadoras, esteiras transportadoras e etc) é primordial para a qualidade e produtividade da sua linha de produção. 

Além de manter o desempenho da correia, a limpeza correta faz com seja proporcionada maior confiança e higiene ao processo. 

Vamos então saber mais sobre como proceder com a limpeza em correias industriais, suas principais vantagens e outros detalhes! Vem com a gente em mais um artigo da nossa série sobre manutenção. 

Por que limpar

A retenção de materiais nos componentes da correia podem ter efeitos destrutivos no funcionamento do seu sistema. Esteira correndo contra a estrutura e se danificando é uma das consequências. 

Além disso, o acúmulo de sujeira nos roletes de impacto, de retorno e de carga (componentes essenciais no transportador), causam prejuízos à sua performance. Desgastes nos tambores e rolos travados são entraves comuns, que diminuem consideravelmente a vida útil das correias.

Vantagens da limpeza em correias

Já vimos que a limpeza proporciona maior vida útil para suas correias e menos acidentes na sua empresa. Mas, não são somente esses benefícios. Vamos conhecer outros abaixo. 

Mais lucro

Eliminando o material fugitivo através da limpeza, sua empresa poderá diminuir os custos com manutenções desnecessárias. 

Maior duração dos equipamentos das transportadoras

Durante a limpeza são retirados os restos de material fugitivo que, frequentemente, se localiza nas partes dos sistemas de transportadores. Assim, impede-se que esse material danifique os rolos e roletes. Dessa forma, as correias não irão desfiar ou ficarão desalinhadas. 

Menos custos com energia 

O material fugitivo comumente adere à correia após o tambor de descarga. Assim, aumenta-se o peso do equipamento, fazendo com que ele trabalhe mais. Desta forma, o consumo de energia também aumenta.

 Para evitar esse aumento na conta de luz, basta limpar suas correias regularmente. 

Como realizar a limpeza em correias industriais

Falamos das vantagens e da necessidade de manter limpas suas correias. A esse ponto, se você estiver convencido, deve estar se perguntando como implantar o procedimento de limpeza dentro da sua empresa. Abaixo vamos explicar como é essa rotina e através de quais equipamentos ela pode ser feita. 

Limpadores e Raspadores 

Limpadores e raspadores são os dois instrumentos mais comuns utilizados para a limpeza das correias industriais. Sua principal função é limpar a superfície, diminuindo assim a chance de ela retornar com materiais presos aos roletes. 

Esses dispositivos também impedem que os materiais fugitivos prendam-se também aos tambores tensores e de desvios, uma vez que eles também estão em contato com o lado da correia que sustém a carga. 

Os raspadores de borracha localizam-se na parte frontal do tambor, abaixo da linha do centro. Comumente operam por molas reguláveis. Mas, uma outra alternativa é a operação por contrapesos balanceados, que não pressionam demasiadamente a correia. 

Geralmente possuem lâminas de borracha inteiriças ou seccionadas. As seccionadas atuam de forma autônoma uma das outras. Dois ou três raspadores desse tipo podem ser utilizados de forma sucessiva. 

Já os raspadores de aço mais comuns são dispostos por uma série de lâminas colocadas na diagonal e montadas na extremidade de uma mola. Dessa forma, eles manterão a pressão contra a correia. Assim, poderão raspar todo o material pegajoso que o raspador de borracha não conseguiu retirar. 

Mas atenção: apesar de os raspadores serem ótimos aliados na limpeza, eles precisam ter algumas qualidades específicas. São elas: eficiência máxima na raspagem, não provocar muito desgaste à correia, ser auto limpante, resistir a operações reversas, ter durabilidade operacional, ter custos mínimos, ser de fácil operação, ser constituído de material à prova de fogo.

Antes da limpeza em correias

Uma boa prática antes de iniciar a limpeza em correias com os raspadores de borracha é limpar a esteira com um spray de água. Essa prática tem um ótimo resultado em quase todo material, até mesmo para remoção de minério de ferro e concreto. 

Além disso, o uso de escovas cilíndricas giratórias ou de borracha irá remover os detritos secos. Elas devem ser acionadas em uma velocidade de 3 a 5 vezes a velocidade da correia. Porém, são propícias a se encherem de sólido e material pegajoso. Dessa forma, requerem manutenção constante, uma vez que se desgastam rapidamente.

É importante dizer que em alguns casos, nem a melhor limpeza possível é suficiente. Assim, nesses casos, que são mais raros, são necessárias algumas medidas que compensem os efeitos da correia suja. 

Essas são as principais dicas limpeza em para correia industrial. Apesar das dicas e soluções que apontamos, não se esqueça que apenas uma empresa especializada pode oferecer a melhor manutenção que a sua correia merece. 

A Redima é reconhecida no mercado e está pronta para te ajudar. Manutenção, desenvolvimento de projetos e solução de problemas em linhas de produção de correias transportadoras é com a gente mesmo! 

Conheça nosso site e saiba mais sobre todos os nossos serviços. No nosso blog você encontra mais dicas como essas 🙂 

Não se esqueça de deixar um comentário, vamos adorar saber a sua opinião!

Autor: Redima

Deixe uma resposta